Zé Moleza | TCC, monografias e trabalhos feitos. Pesquise já!

Você está em Trabalhos Acadêmicos > Sociais Aplicadas > Serviço Social

Favoritos Seus trabalhos favoritos: 0


Publicidade

Trabalho em Destaque

Título: A Proteção Social

1 INTRODUÇÃO O nascedouro foi em 1883, na Alemanha com o Chanceler Bismarck. Foi um marco tanto da Seguridade Social como da Previdência Social (primeiro sistema escrito de previdência social – seguro social). A forma de contribuição ou custeio para…


Publicidade

A Atuação do Profissional de Serviço Social no Meio Ambiente

Trabalho enviado por: viviane dos santos lemes

Data: 04/06/2009

A Atuação do Profissional de Serviço Social no Meio Ambiente.
Universidade Norte do Pará
2009

 

 

Sumário

1 Introdução

2 Desenvolvimento

3 Conclusão

Referências

 

1 – Introdução

No cenário mundial e especificamente no Brasil, a questão ambiental tem se tornado algo preocupante para a humanidade. Ela deixou de ser um tema que interessa somente a
ambientalistas ou pessoas vinculadas às questões ecológicas, para ser vista como uma problemática que perpassa toda a sociedade.

Pode-se atribuir essa preocupação desenvolvida pelo fato da população poder perceber que os problemas ambientais atingiram a todos, diante disso, ninguém fica livre dos efeitos
provocados pela inadequada interferência humana na natureza.

Países em desenvolvimento são, em geral, vítimas de uma maior degradação ambiental, porque indústrias proibidas em países industrializados, muitas vezes se instalam em países em
vias de desenvolvimento e não adotam medidas de biossegurança, que em seus países de origem seriam obrigados a adotar, impondo os custos da produção.

Em virtude disso, os problemas ambientais não podem ser considerados somente como uma questão ecológica, mas, sobretudo como algo que transcende o campo do imediatismo e do
conservacionismo. Deste modo, a questão ambiental envolve acima de tudo a tomada da consciência de que a preservação do meio ambiente é algo necessário que necessitamos, com
urgência, de uma prática cotidiana que integre questões culturais de cunho pessoal e profissional, atravessando assim, pelas questões ambientais.

Pelas considerações acima citadas, este trabalho procura discutir a educação ambiental como uma política social e seus rebatimentos para a atuação dos Assistentes Sociais.
Assim, é necessário refletir sobre a relação entre Serviço Social e meio ambiente para além dos muros do capitalismo e consequentemente da lógica da educação como mercadoria,
com o objetivo de gestar políticas púbicas ambientais para enfrentamento da Questão Social que é objeto de intervenção profissional do Serviço Social.

 

2 – Desenvolvimento

A atuação do Profissional de Serviço Social no Meio Ambiente

A questão ambiental fundamenta-se atualmente como um dos mais graves e urgentes problemas que os homens e mulheres vêm se defrontando. Nessa perspectiva, a educação ambiental se
constitui em um debate bastante analisado na atual sociedade.

A prática da educação ambiental deve direcionar para uma compreensão crítica e inovadora em qualquer tempo ou lugar, em seu modo formal e informal. Diante disso, corroboramos
com Rodrigues (2001) que afirma que a educação ambiental deve desenvolver e potencializar o poder das diversas populações, estimular oportunidades para mudanças democráticas que
estimulem os setores menos favorecidos da sociedade. Nesse sentido, deve ser trabalhada como política social que tem como premissa a formação de cidadãos conscientes e
participativos que reivindiquem seus direitos na sociedade.

Segundo a Constituição Federal do Brasil (1988) a política ambiental é entendida como exercício do direito ao meio ambiente ecologicamente equilibrado, bem de uso comum e
essencial a sadia qualidade de vida. Posto isso, até a Conferência de Estocolmo (1972) não havia definições de políticas ambientais brasileiras, mas sim, de medidas
governamentais que resultaram posteriormente no que denominamos de políticas sócio-ambientais.

Neste sentido, é necessário discutirmos a atuação do Assistente Social frente à política social de educação ambiental. Temos que entender que o assistente social é também um
educador, que tem sua prática profissional permeada pela ação sócio-educativa. Assim, compreendemos que a educação ambiental insere-se nas demandas emergenciais, porque esta

requer estratégias inovadoras que passam a ser desenvolvidas pelas classes sociais, apontando para a ampliação do espaço ocupacional do Serviço Social.

O Serviço Social por atuar diretamente com a Questão Social, pode agir como um implementador de políticas sociais, neste caso políticas sócio-ambientais na perspectiva da
garantia dos direitos de cidadania.

Com o olhar direcionado para a esfera social temos o Serviço Social com lugar tão privilegiado como de outros profissionais, que de forma mais técnica, possuem relações
familiares com as questões ambientais. Entendendo assim, o meio ambiente e o desenvolvimento econômico reciprocamente relacionado, justifica-se a intervenção profissional do
assistente social junto às novas situações geradas principalmente pelos impactos sócio-ambientais de determinadas atividades produtivas.

A partir dessa perspectiva é que vislumbramos a necessidade de trabalhar a educação ambiental, entendendo que esta se constitui em uma nova demanda para o Serviço Social.

Para ver o trabalho na íntegra escolha uma das opções abaixo

Ou faça login



Crie seu cadastro




English Town