Zé Moleza | TCC, monografias e trabalhos feitos. Pesquise já!

Você está em Trabalhos Acadêmicos > Sociais Aplicadas > Ciências sociais

Favoritos Seus trabalhos favoritos: 0


Publicidade

Trabalho em Destaque

Título: A Proteção Social

1 INTRODUÇÃO O nascedouro foi em 1883, na Alemanha com o Chanceler Bismarck. Foi um marco tanto da Seguridade Social como da Previdência Social (primeiro sistema escrito de previdência social – seguro social). A forma de contribuição ou custeio para…


Publicidade

A Doença da Bursa de Fabricio

Trabalho enviado por: Marcos Roberto Luciano

Data: 26/06/2006

Doença da Bursa de Fabrícius


Introdução

A Doença da Bursa de Fabricio é uma enfermidade altamente contagiosa com rápida disseminação entre lotes infectados e susceptíveis. A DIB é de etiologia viral, família Birmavírus, e afeta aves na faixa etária de 3 – 6 semanas, alterando a morfofisiologia do sistema imunológico. A Bursa de Fabricius é o órgão alvo do vírus. Durante vários anos, foi confundida com variantes de vírus de "Bronquite Infecciosa", devido às lesões observadas no campo, sendo posteriormente estabelecidos agentes etiológicos distintos.

O vírus que provoca a DIB ou Doença de Gumboro é classificado em dois sorotipos distintos 1 e 2. Somente o sorotipo 1 é capaz de causar a doença em galinhas.

A imunidade passiva é transmitida pelas reprodutoras à progênie protegendo contra infecções precoces.

Sabe-se que, aproximadamente 11 horas após a infecção, o vírus chega, através da circulação sangüínea na Bursa de Fabrícius, baço, timo e rim, causando alterações nestes tecidos e, principalmente, imunossupressão relacionada com depleção de linfócitos B. Os efeitos imunodepressivos causados pela doença clínica induzem a morbidade e moratalidade das aves. As seqüelas associadas à imunossupressão incluem: dermatite gangrenosa, corpos de inclusão na Síndrome de hepatite-anêmica, infecção por E. coli e falhas na vacinação. O vírus não acomete humanos e não tem importância na saúde pública.

Atualmente para se medir as respostas de anticorpos para DIB o teste mais utilizado é o ELISA , que é um teste sensível, quantitativo e eficiente no diagnóstico de DIB.

A imunização é o principal método usado para o controle da DIB em aves. Para obtenção de imunidade sólida e duradoura deve-se empregar um programa de vacinação adequado as condições locais, conhecer as condições ambientais e de manejo e avaliar os níveis de uniformidade dos anticorpos maternos transferidos a progênie.


Histórico

Foi inicialmente descrita em 1962, por Cosgrove, próximo a uma localidade chamada Gumboro, Delaware EUA, e foi caracterizada por depressão, anorexia, diarréia mucóide, alta morbidade e mortalidade também relativamente alta. Foi denominada de nefrose aviária, substituída doença de Gumboro e atualmente é conhecida como doença infecciosa da Bursa de Fabrício (DIB). As lesões detectadas eram de natureza hemorrágica, nos músculos das pernas, coxas e proventrículo, e a Bursa de Fabrício era edematosa e aumentada de volume ou hemorrágica.


Sinonímia

Doença de Gumboro, Doença Infecciosa da Bursa, Infectious Bursal Disease.


Fatores Predisponentes

Embora o vírus DIB seja muito agressivo, um ambiente favorável ao vírus, o manejo inadequado e esquemas inapropriados de vacinação podem favorecer a ocorrência da doença em determinadas criações de aves.


Distribuição Geográfica

O sorotipo 1 apresenta...

Para ver o trabalho na íntegra escolha uma das opções abaixo

Ou faça login



Crie seu cadastro




English Town