Zé Moleza | TCC, monografias e trabalhos feitos. Pesquise já!

Você está em Trabalhos Acadêmicos > Humanas > Secretariado Executivo

Favoritos Seus trabalhos favoritos: 0

Trabalho em Destaque

Título: A Proteção Social

1 INTRODUÇÃO O nascedouro foi em 1883, na Alemanha com o Chanceler Bismarck. Foi um marco tanto da Seguridade Social como da Previdência Social (primeiro sistema escrito de previdência social – seguro social). A forma de contribuição ou custeio para…


Publicidade


Publicidade

Abordagem Descritiva da Administração

Trabalho enviado por: Mara Rubia Fontoura Noleto

Data: 22/04/2003

Abordagem Descritiva da Administração


Introdução

Neste trabalho, as Teorias Burocrática, Estruturalista, Comportamental, de Sistema e Contigencial serão abordadas de maneira a qual entenderemos suas características, idéias e principais autores.

A Teoria da Burocraticia tem como principal autor Weber, e esta abordagem está muito próxima a teoria clássica. Esta organização pode ser boa ou má, dependendo de como é administrada. Ela significa um modelo relativamente formal e impessoal e se aplica tanto à organização pública como à privada.

A abordagem Estruturalista seria uma continuação da Burocrática.. O estruturalismo estudou as organizações num sentido integral, interligando os fenômenos organizacionais.

A Teoria Comportamental enfatiza o processo Decisional, em que o indivíduo é um tomador de decisão, baseando-se nas informações que ele recebe do seu ambiente.

 

1. Teoria Burocrática

A teoria da Burocracia surgiu na Teoria Geral da Administração, por volta da década de 1940, quando a teoria Clássica e a Teoria das Relações Humanas disputavam entre si o espaço na teoria administrativa e apresentavam sinais de obsolescência e exaustão para sua época.

1.1- ORIGENS DA TEORIA DA BUROCRACIA

As origens da Burocracia remontam à Antigüidade histórica. A burocracia, o capitalismo e a ciência moderna constituem as três formas de racionalidade que surgiram a partir das mudanças religiosas. Existem três formas de sociedade e de autoridade - tradicional, carismática e a burocrática. A dominação burocrática tem um aparato administrativo que corresponde à burocracia

A parcialidade e as limitações tanto da Abordagem Clássica como da Teoria das Relações Humanas, revelando pontos de vistas extremistas e incompletos sobre a organização.

A necessidade de um modelo de organização racional aplicável não somente à fábrica, mas a todas as formas de organização humana, observando-se todas as variáveis envolvidas.

O crescente tamanho e complexidade das empresas passaram a exigir modelos organizacionais mais bem definidos.

O surgimento da Sociologia da Burocracia, a partir dos trabalhos de Max Weber.

É importante dizer que a racionalidade da Revolução Industrial tornava a inconstância do ser humano em empecilho ao bom funcionamento do novo modelo de organização industrial. A Teoria Burocrática surge como paradigma de gestão, regulada pelas normas e inflexibilidade hierárquica.

 

1.2- OS TIPOS DE SOCIEDADE E AUTORIDADE SEGUNDO MAX WEBER


1.2.1- Tradicional

Onde predominam características patriarcais e patrimonialistas como família, o clã, a sociedade medieval etc.

1.2.2- Carismática

Onde predominam características místicas, arbitrárias e personalísticas, como nos grupos revolucionários, nos partidos políticos, nas nações em revolução etc.

1.2.3- Legal, Racional ou Burocrática

Onde predominam normas impessoais e racionalidade na escolha dos meios e dos fins como nas grandes empresas, nos estados modernos, nos exércitos etc.

1.3- Características da Burocracia

Caráter legal das normas e regulamentos.

A burocracia é uma organização ligada por normas e regulamentos previamente estabelecidos por escrito.

Caráter formal das comunicações.

A burocracia é uma organização ligada por comunicações escritas.

Caráter racional e divisão do trabalho.

Há uma divisão sistemática do trabalho.

Impessoalidade nas relações.

O poder de cada pessoal é impessoal e deriva do cargo que ocupa.

Hierarquia de autoridade.

Cada cargo inferior deve estar sob controle e supervisão de um posto superior. Nenhum cargo fica sem controle ou supervisão.

Rotinas e procedimentos estandardizados.

O ocupante do cargo - o funcionário - não pode fazer o que quiser, mas o que a burocracia impõe que ele faça.

Competência técnica e meritocracia.

A burocracia é uma organização na qual a escolha das pessoas é baseada no mérito e na competência técnica e não em preferências pessoais.

Especialização da administração.

Com a burocracia surge o profissional que se especializa em gerir a organização e daí, o gradativo afastamento do capitalista da gestão dos negócios.

Profissionalização dos participantes.

O funcionário é um profissional selecionado e escolhido por sua competência e capacidade, nomeado, assalariado, promovido ou demitido da organização por seu superior hierárquico.

Completa previsibilidade do funcionamento.

Tudo na burocracia é estabelecido no sentido de prever antecipadamente todas as ocorrências e rotinizar sua execução, para que a máxima eficiência do sistema seja plenamente alcançada.

O modelo weberiano oferece vantagens, já que o sucesso das burocracias em nossa sociedade se deve a inumerar causas. Contudo, a racionalidade burocrática, a omissão das pessoas que participam da organização e os próprios dilemas da burocracia, apontados por Weber, constituem problemas que a burocracia não consegue resolver adequadamente.

 

2. TEORIA ESTRUTURALISTA

2.1- Breve conceito

"Estruturalismo é a teoria que preocupa-se com o todo e com o relacionamento das partes na constituição do todo. A totalidade, a interdependência das partes e o fato de que o todo é maior do que a simples soma das partes são suas características básicas."

A teoria estruturalista veio como um desmembramento da teoria da burocracia com aproximação da teoria das relações humanas. Havia a necessidade de enxergar a organização como uma unidade social grande e...

Para ver o trabalho na íntegra escolha uma das opções abaixo

Ou faça login



Crie seu cadastro




English Town