Zé Moleza | TCC, monografias e trabalhos feitos. Pesquise já!

Você está em Trabalhos Acadêmicos > Humanas > Marketing

Favoritos Seus trabalhos favoritos: 0

Trabalho em Destaque

Título: A Proteção Social

1 INTRODUÇÃO O nascedouro foi em 1883, na Alemanha com o Chanceler Bismarck. Foi um marco tanto da Seguridade Social como da Previdência Social (primeiro sistema escrito de previdência social – seguro social). A forma de contribuição ou custeio para…


Publicidade


Publicidade

(Perdi o Titulo) processo de compra, perfil do consumidor, cesta b?ca

Trabalho enviado por: Juliane Dias Alves

Data: 27/08/2010

Resumo

A pesquisa tem como estudo o tema processo de decisão de compra dos itens da cesta básica. Procurou-se analisar como é feita a compra dos produtos da cesta básica e se os casais sem filhos do bairro Santa Terezinha em Manhuaçu/MG, são influenciados em algum momento da compra. A partir da pesquisa bibliográfica, seguiu-se a uma pesquisa de estudo de campo, com caráter exploratório, através da qual foi mais fácil compreender sobre o consumidor e o processo de compra. Foi realizada uma entrevista de maneira semi-estruturada, perguntando sobre os itens constituintes da cesta básica. E a partir das respostas obtidas foi possível perceber que os casais sem filhos do bairro Santa Terezinha em Manhuaçu/MG, são influenciados na compra dos produtos pela sua propaganda na TV. Quando estão no ponto de venda os casais são influenciados pelas estratégias de precificação dos produtos. Percebe-se uma sensibilidade ao preço, o que caracteriza forte influência da classe social na compra dos produtos. E na pesquisa realizada não foi possível perceber influência dos grupos de referência nas decisões dos casais.
Palavras chave: processo de compra, perfil do consumidor, cesta básica

SUMÁRIO:

1.INTRODUÇÃO
1.1-PROBLEMA
1.2-JUSTIFICATIVA
1.3-OBJETIVOS
1.3.1-Objetivo geral
1.3.2-Objetivos específicos
2.FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA
2.1-MUDANÇA NO PERFIL DO CONSUMIDOR
2.2-COMPORTAMENTO DO CONSUMIDOR
2.3-PROCESSO DE DECISÃO DE COMPRA
2.4-INFLUÊNCIAS SOFRIDAS PELO CONSUMIDOR
2.5-CESTA BÁSICA
3.METODOLOGIA
3.1-UNIDADE DE ANÁLISE
3.2-TIPO DE PESQUISA
3.3-COLETA E AMOSTRA DE DADOS
3.4-ANÁLISE DOS DADOS
4.CONSIDERAÇÕES FINAIS
4.1DISCUSSÃO DOS RESULTADOS
4.2LIMITAÇÕES DA PESQUISA
4.3IMPLICAÇÕES GERENCIAIS
5.REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
6.APÊNDICE
7.ANEXO

1- Introdução

1.1- Problema:

Devido a mudança no perfil das famílias, algumas empresas investem em um novo nicho de mercado que vem surgindo: famílias compostas por um casal e sem interesse em ter filhos ou retardando o crescimento dela. Isso faz com que o processo de decisão de compra de alguns produtos seja diferenciado.
Um dos setores que mais sofre devido a esta mudança é setor varejista. As compras que antes eram feitas em quantidades maiores estão diminuindo e dando espaço para produtos vendidos em porções menores e que sejam de fácil preparo. Por causa desta mudança a cesta básica composta por arroz, feijão, farinha, carne, leite, etc. que são itens importantes na nossa alimentação, também está sofrendo modificações, pois, alguns produtos exigem um tempo a mais para preparo e nem sempre são fáceis de preparar.
Por estas razões procura-se identificar como os casais sem filhos do bairro Santa Terezinha em Manhuaçu/ MG adquirem itens da cesta básica.

1.2- Justificativa:

Antes de elaborar estratégias de marketing mais eficientes, deve-se conhecer mais sobre o consumidor, saber qual a sua necessidade e desejo para então oferecer os produtos que vão satisfazê-lo. Mas, não é tão simples assim. Cada consumidor se comporta de uma maneira diferente, tem critérios diferentes no momento de escolher um produto para comprar e podem ser influenciados de várias formas no momento da compra.
Para uma empresa, conhecer sobre o público que ela quer atingir se torna importante, pois, sabendo o porquê e como os consumidores tomam as suas decisões de compra, ela saberá o momento certo de encaixar as estratégias de marketing e fazer com que o consumidor adquira seus produtos.
A importância do processo de decisão de compra está na forma como ele é divido, são cinco etapas pelas quais o consumidor passa e em cada etapa existem maneiras de ser influenciado na compra e devido a estas influências a compra pode se tornar mais complexa do que o imaginado. Assim, a pesquisa procura identificar como o consumidor, no caso casais sem filhos, passam por estas etapas e qual o fator que mais influencia a compra de determinados produtos.

1-3- Objetivos

1.3.1- Objetivo geral:

Identificar os fatores que influenciam o processo de compra dos itens da cesta básica dos casais sem filhos do bairro Santa Terezinha em Manhuaçu/MG.

1.3.2- Objetivos específicos:

Identificar os fatores socioculturais que caracterizam os casais sem filhos.
Identificar os fatores situacionais que determinam a exposição para a venda dos produtos constitutivos da cesta básica;
Identificar qual o valor que os casais sem filhos atribuem à marca dos produtos constitutivos da cesta básica e sua influência no processo de decisão de compra.

2- Fundamentação Teórica

2.1- Mudanças no perfil do consumidor

Nos últimos anos vem ocorrendo várias mudanças no perfil dos consumidores, dentre estas mudanças está a modificação da estrutura familiar, fazendo com que o ciclo de vida das famílias também se modifique.
Segundo Schiffman e Kanuk (2000), o ciclo tradicional de vida das famílias pode ser sintetizado em apenas cinco estágios básicos, estágio 1 : celibato, jovens adultos vivendo longe dos pais; estágio 2: de lua-de-mel, casal jovem casado; estágio 3: paternidade, casais com pelo menos um filho morando em casa; estágio 4: pós-paternidade, um casal idoso sem filho morando em casa e estágio 5: dissolução, apenas um conjugue sobrevivente.
Dubois1 (1994, apud. KARSAKLIAN, 2004), apresenta um ciclo de vida familiar dividido em nove etapas que são: 1. jovens solteiros morando sozinhos; 2. jovens casais sem filhos; 3. adultos casados com filhos com menos de seis anos; 4. adultos casados com filhos com mais de seis anos; 5. casais idosos com responsabilidade de filhos; 6. casais idosos, sem responsabilidade de filhos e com o chefe de família ativo; 7. casais idosos, sem responsabilidade de filhos e com chefe de família inativo; 8. idoso sozinho e ativo e 9. idoso, sozinho e aposentado.
Dentre as mudanças que vem ocorrendo na estrutura familiar, está o crescente número de casais sem filhos (optam por não tê-los ou tê-los depois de alguns anos), fazendo com que muitas empresas direcionem seus produtos para este público, pois, geralmente esta estrutura familiar é de casais com renda dupla e que estão centrados em suas carreiras. Assim, algumas empresas já investem neste tipo de público proporcionando um atendimento rápido e produtos que satisfaçam as suas necessidades (SCHIFFMAN; KANUK 2000).
Das muitas empresas que investem neste novo grupo está o setor imobiliário que vem crescendo suas vendas devido a mudança da estrutura dos imóveis,...

Para ver o trabalho na íntegra escolha uma das opções abaixo

Ou faça login



Crie seu cadastro




English Town