Zé Moleza | TCC, monografias e trabalhos feitos. Pesquise já!

Você está em Trabalhos Acadêmicos > Humanas > Arquitetura

Favoritos Seus trabalhos favoritos: 0

Trabalho em Destaque

Título: A Proteção Social

1 INTRODUÇÃO O nascedouro foi em 1883, na Alemanha com o Chanceler Bismarck. Foi um marco tanto da Seguridade Social como da Previdência Social (primeiro sistema escrito de previdência social – seguro social). A forma de contribuição ou custeio para…


Publicidade


Publicidade

APO Aplicada em Edificações Históricas

Trabalho enviado por: Beatriz Chimenthi

Data: 04/03/2008


APO Aplicada em Edificações Históricas

Estudo de Caso: Faculdade de Direito da U.F.R.J.
2008

RESUMO

O artigo apresenta os resultados da APO aplicada no edifício da Faculdade de Direito da UFRJ, monumento histórico localizado na Praça da República, centro do Rio de Janeiro. Para isto, foram utilizados instrumentos da APO (questionários, entrevistas e Walk-through), abrangendo as vertentes técnica, funcional e comportamental. Através da Walk-through, foi possível identificar as deficiências da edificação e conhecê-la como um todo, abordando principalmente seus fatores técnicos e funcionais.

Os questionários e entrevistas focalizaram os fatores comportamentais do edifício e o grau de satisfação dos usuários. Além de identificar os problemas da edificação, a pesquisa permitiu avaliar as limitações e possibilidades de utilização da metodologia da APO na avaliação de edificações de valor histórico, considerando as restrições estabelecidas pelos processos de tombamento, que por sua vez acabam interferindo nas recomendações concluídas pela APO.

 

ABSTRACT

The article introduces the results of applied POE in the building of Faculdade de Direito da UFRJ, located historical monument at Praça da República, downtown of Rio de Janeiro. Instruments of POE were applied (questionnaires, interviews and Walk-through), embracing tecnical, functional and behavioral aspects. Whith the Walk-through, was possible to identify the building problems and knowing it as a hole, focusing its tecnical and functional aspects.

The questionnaires and interviews focalized the building behavioral aspects and the satisfaction degree of the users. Besides identifying the problems of the construction, the research allowed to evaluate the limitations and possibilities of use of the methodology of POE in the evaluation of constructions of historical value, considering the results established by the laws of protection, which interfere on the conclusions obtained by POE.

 

INTRODUÇÃO

Este artigo, fruto de uma pesquisa para dissertação de mestrado na área de História e Preservação do Patrimônio Histórico do PROARQ (FAU-UFRJ) (CHIMENTI 2000), trata do estudo de caso do edifício da Faculdade de Direito da UFRJ, conhecida até hoje pela sigla FND (Faculdade Nacional de Direito), onde a Avaliação Pós-Ocupação (APO) foi utilizada como metodologia de suporte para identificar alternativas possíveis para a preservação de edificações históricas.

O processo de reabilitação compreende o conjunto de ações empregadas para o beneficiamento e recuperação de um edifício, de modo a resolver os problemas funcionais e as anomalias construtivas, ambientais e funcionais, acumuladas ao longo dos anos, tornando-o apto ao tipo de uso atual e/ou previsto.

Por ser mais flexível que o processo de restauração, o processo de reabilitação pode ser aplicado a diversas edificações históricas que, embora sem condições de serem mantidas integralmente em seu estado original, necessitam ser preservadas, quer em função do estado de conservação do edifício, quer pelas necessidades decorrentes de seu uso.

A reabilitação deve se basear na modernização e na regeneração geral do imóvel, atualizando seus equipamentos, organizando os espaços existentes e melhorando seu desempenho funcional, tornando o edifício apto para sua completa e atualizada reutilização (PRUDÊNCIO, 1998). A reabilitação inclui também a restauração dos ambientes que conservem a identidade/integridade do edifício como monumento histórico.

No caso do nosso objeto de estudo, o edifício da FND – especialmente a partir de 1950, quando foram acrescidos dois pavimentos ao prédio – tem sido objeto de inúmeras intervenções pontuais, descaracterizando seu ambiente interno. Seria então, aconselhável que fossem realizadas as intervenções determinadas através de um processo de reabilitação que levasse em conta seu desempenho funcional, e não apenas as alterações pontuais. Mesmo depois de seu tombamento, realizado pela instância estadual em 1983, o edifício vem sofrendo reformas que não levam em conta os critérios de preservação.

Como em um processo de reabilitação é recomendável identificar as deficiências do edifício e estabelecer os critérios necessários para a intervenção, foi utilizada a metodologia da Avaliação Pós-Ocupação (APO), por seu caráter interdisciplinar, por considerar o desempenho dos edifícios nos seus aspectos técnico, funcional e comportamental dos edifícios e, principalmente, por fundamentar sua análise na opinião dos usuários do edifício ou ambiente analisado.

 

O HISTÓRICO DA EDIFICAÇÃO

O edifício da Faculdade de Direito da UFRJ, está situado à Rua Moncorvo Filho nº02 a 08, no lado oeste da Praça da República, no centro da cidade do Rio de Janeiro. É um monumento de valor histórico, visto que desde o século XIX, tem sido palco de diversos acontecimentos políticos da cidade e já sediou repartições públicas da história do Brasil. Construído no início do século XIX, foi a residência do 8 - Conde dos Arcos, último Vice-Rei do Brasil, D. Marcos de Noronha e Brito. Após a Independência do Brasil em 1822, o Solar foi comprado pelo Governo e adaptado para sediar o Senado Imperial.

Em 1889, por ocasião da Proclamação da República, o edifício tornou-se sede do Senado Republicano, permanecendo até 1925. De 1926 a 1937, foi ocupado por diversas repartições federais, inclusive o Departamento Nacional de Educação do Ministério da Educação e Saúde. A partir de 1938, passou a abrigar a antiga Faculdade Nacional de Direito da Universidade do Brasil (FND), atual faculdade de Direito da UFRJ .

Em 1983, a edificação adquire oficialmente a categoria de monumento histórico através do tombamento estadual (processo nº E – 03/31267/83) pelo INEPAC (Instituto Estadual do Patrimônio Artístico e Cultural).

 

DESCRIÇÃO DO OBJETO DE ESTUDO

O edifício da FND, alinhado à rua e livre de construções vizinhas, apresenta quatro pavimentos com fachada principal em ângulo aberto, formando o chamado Largo do CACO.

Sua fachada possui uma superposição das ordens clássicas e um coroamento em platibanda característicos de uma postura clássica. O volume quadrangular tem sua massa compacta de alvenaria na cor cinza (originalmente rosa, conforme relata o processo de tombamento do INEPAC).

Atualmente a fachada não possui características remanescentes de sua feição original. Em 1950, durante uma das reformas do edifício, foram...

Para ver o trabalho na íntegra escolha uma das opções abaixo

Ou faça login



Crie seu cadastro




English Town